terça-feira, 31 de março de 2009

Finalmente chegaram as Férias!!!

A ultimar as arrumações finais das malas porque amanhã é o dia de partida...voltamos a «ler-nos» dia 7! Boas Férias!!

quinta-feira, 26 de março de 2009

Karmeting desafia a tua CRIATIVIDADE!

No âmbito da realização de um projecto universitário, karmeting procura explorar todas as ideias que te surjam sobre o conceito da marca EDP (Energias de Portugal). Sendo assim procura responder às questões* de forma concisa e pessoal. Explora e deixa fluir a tua criatividade...
*Questões
1. Que opinião tem da empresa EDP? (empresa de qualidade?preocupada com o ambiente?satisfação?indiferença?entre outros...)
2. Que ideia gostaria de ver como nova aposta da EDP? (publicidades criativas?relação com o ambiente?energias renovaveis?entre outros...)
3. Tem projectos/ideias para campanhas publicitárias? Envie todas as opiniões/desenhos/trabalhos para karmeting@gmail.com!
Be Creative!

Cor Azul

É a cor do céu e isso é universal, em qualquer contexto cultural ou linguagem o azul está diretamente relacionado ao celestial. O efeito frio e tranquilo do azul causa a impressão de fazer o tempo passar mais rapidamente e pode ajudar a dormir, por isso é uma boa cor para pintar paredes em quartos e áreas de relaxamento. No entanto, excesso do azul pode deixar uma impressão de umidade e isso causaria desconforto. Azul transmite confiança e seriedade sem ser sombrio ou sinistro. A maior prova disso é o fato dele ser quase padrão nos ternos de executivos nas grandes corporações e também em carros e uniformes da polícia. Quando em tons mais escuros é associado a inteligência, a experiência, a estabilidade e ao conservadorismo. Um fundo em azul bem vivo ou azul-celeste transmite riqueza e algumas vezes um toque de superioridade. Da mesma forma que ao vermelho atribuímos o extremo das emoções fortes, o azul representa o extremo dos sentimentos leves.

LeCool [26.03 - 01.04]

quarta-feira, 25 de março de 2009

Férias!

A efectuar check in dentro de...
6 dias!!

Cor Verde

A cor verde simboliza principalmente natureza e ambiente. É geralmente associado a dinheiro e a ideia de “prosseguir”, como é o caso dos semáforos. O verde é uma daquelas cores que consegue oferecer uma variedade imensa de formas de uso e de sensações. Na maioria dos casos a ideia é transmitir suavidade e segurança, e em alguns casos, de frescura. Estimulante, mas com pouca força sugestiva ele oferece uma sensação de repouso. Indicado para anúncios que caracterizam o frio, azeites, verduras e semelhantes. A energia do verde reflecte participação, adaptabilidade, generosidade e cooperação. Atenua as emoções, facilita o raciocínio correcto e amplia a consciência e compreensão. Ela é a imagem da segurança e da protecção e cria um ambiente propício para tomar decisões. Espaço, liberdade, harmonia e equilíbrio são aspectos que se originam do sentimento natural de justiça do verde. Essa cor actua como um sinal para a renovação da vida e sua vibração mais elevada reflecte o espírito de evolução.

Xpensive Brands Lolipop's!

Brevemente nos cinemas...

Hora do Planeta!

Coca-Cola, IKEA, Nokia, SIC, Visão e Ogilvy são algumas das empresas, entre muitas outras, que no sábado, dia 28, vão apoiar o projecto Hora do Planeta, iniciativa promovida pela WWF e que visa incentivar as pessoas a desligarem as luzes durante 60 minutos, às 20.30 de dia 28, como forma de combate ao aquecimento global. Assim, no caso da Ikea, os clientes das lojas de Lisboa e Matosinhos vão ser surpreendidos por um «apagão» de alguns minutos, que no exterior das mesmas se prolongará para 60 minutos. Já a Coca-Cola vai recorrer à sua força de vendas para distribuir folhetos alusivos ao projecto, ao mesmo tempo que oferece 20 posições de mupis, em Lisboa e Porto, para publicitar a iniciativa, à qual a SIC e Visão também se juntaram como media partners. A adaptação dos materiais promocionais da Hora do Planeta, foi desenvolvido pela Ogilvy em regime de pró-bono. As Estradas de Portugal e a Fundação EDP também se associam ao projecto e vão «apagar», respectivamente, a Ponte 25 de Abril e o Museu da Electricidade, em Lisboa. «Todas estas empresas vão ajudar a alertar para a mensagem que a WWF lança com esta iniciativa: as alterações climáticas existem e é necessário lutar contra elas», afirmou Angela Morgado, da WWF.
Participe!

Divirta-se na Worten

A partir de amanhã e durante as próximas três semanas, a Worten vai dedicar-se à diversão. Esta é a temática da campanha que a Fuel (com direcção criativa de Pedro Bexiga e Marcelo Lourenço), criou para que a marca divulgue os produtos disponíveis na lojas destinados a diversão, como são os casos de DVDs ou câmaras de filmar, entre muitos outros. O actor Pedro Granger volta ser o rosto da campanha, um trabalho da Fuel que está na imprensa, internet, ponto de venda e televisão. Neste último caso, a produção é da Show Off, com realização de Rita Nunes e Luciano Ottan, e coloca Pedro Granger a contracenar com personagens de filmes e de desenhos animados. Esta campanha envolve um investimento total na ordem dos 3,5 milhões de euros.

Nova campanha Coca-Cola

Coca-Cola Zero está a lançar a acção de marketing de 2009, uma campanha que envolve activação de marca, anúncios multimeios, digital e um programa de televisão na SIC. Euro RSCG Music, Fullsix, SIC, JCDecaux e LPM são os parceiros da acção, que conta ainda com a participação de Luís Figo, do actor de Hollywood Cuba Gooding Jr. e de Rui Reininho. «Será o maior investimento do ano da Coca-Cola Zero, para lançar o período do pré-Verão», explicou ao briefing o director de marketing da multinacional norte-americana, José Alberto Antunes, apesar de não adiantar o valor do investimento. A primeira fase da acção decorre entre 25 de Março e 15 de Abril e será um concurso que vai levar os interessados a inscreverem-se no site da marca e darem «propostas originais e surpreendentes que traduzam o espírito Prova Que é Possível». As ideias apresentadas devem enquadrar-se em seis temas: música nacional, música internacional, apresentação de um programa de TV, cinema e futebol. As ideias vão ser depois avaliadas por um júri constituído por Fernando Alvim, Nuno Markl, Daniel Oliveira, Cláudia Vieira, Rui Reininho e Leonel Vieira. Depois de avaliadas, todas as categorias serão gravadas e exibidas num programa da SIC, apresentado por Carolina Patrocínio. As ideias estarão também disponíveis no site da marca e no Youtube, pelo que também o público poderá votar nas ideias que os vencedores vão poder concretizar.

Mundo Universitário na moda!

O semanário gratuito Mundo Universitário está hoje a distribuir uma edição especial sobre moda. A primeira edição em couché do título vai estar disponível nas principais instituições de ensino superior de norte a sul do país, com conteúdos para um target dos 18 aos 26 anos.Dicas sobre moda, a edição deste ano da Moda Lisboa e um relato de uma portuguesa a estudar no London College og Fashion são alguns dos conteúdos da edição que apresenta um total da 16 páginas. A edição é patrocinada pelo El Corte Ingles. Aos interessados toca a visitar:

Novo site da Sábado!

A Sábado tem a partir de hoje um site. “Os produtos têm de ser complementares. O site tem um conceito mais multimédia, com vídeos e mesmo a opinião surge com essa componente”, comenta José Manuel Gomes, director coordenador da Cofina Media. Vídeo, audio e texto fazem parte das colunas de opinião dos quatro colunistas principais da newsmagazine, com o site ainda a apresentar secções como blogues, última hora (com notícias também do Correio da Manhã, Jornal de Negócios e Record), Pessoas (perfis) e GPS. O site dirige-se a um target A/B (25/44 anos). O objectivo, explica o responsável, é “claramente superar” em termos de pageviews a “mais directa concorrente” no “mais curto espaço de tempo possível”.

Catherine Zeta-Jones by Lux

A actriz Catherine Zeta-Jones é a protagonista de uma curta-metragem de sete minutos criada pela JWT de Tóquio para promover a marca Lux no mercado asiático. Um segredo sobre uma fórmula para o cabelo perfeito é o ponto de partida para um filme rodado em Praga. Esta acção da marca da Unilever está a ser comunicada nos principais mercados asiáticos, com o apoio de meios televisão, exterior, imprensa, ponto de venda e internet. O filme pode ser visto em

TMN em movimento...

Aliando originalidade e inovação à sua acção, a TMN comunicou o seu patrocínio ao espectáculo Blue Man Group, no Casino de Lisboa, com um outdoor humano que esteve na Avenida da República, em Lisboa. A criatividade era da Partners e no outdoor foi possível ver gestos e ouvir gritos por trás de uma lona que se mexia.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Contagem decrescente...

e...faltam apenas 15 dias para as Fériassss!!

Competências no McDonald's...

A história que se segue não ocorreu comigo e não tem como finalidade ofender quem trabalha no McDonald's mas sim elucidar quem frequenta esta variante de restauração para os perigos que os funcionários brilhantes por vezes soltam das suas mentes geniais...Só para rir!
«Há várias razões para eu odiar o McDonald's E nenhuma é a comida.Num "almoço à hora do lanche", já atrasadíssimos para o que deveria ter sido "um café depois do almoço", entre o "seguimos em jejum" ou "fazemos uma paragem rápida no McDonald's de Telheiras, que até fica a caminho da A8", optou-se pela segunda hipótese. Depois da empregada-adolescente-com-ar-enjoado-de-o-meu-sonho-era-trabalhar-na-Zara-mas-afinal-foi-isto-que-me-calhou-vejam-lá-para-o-que-uma-pessoa-está-guardada ter-se dignado a terminar a amena cavaqueira com a colega da caixa ao lado, num misto de "fogo, isto estava tão sossegado, mas o que diabo dará às pessoas para virem comer hamburgers às cinco da tarde" e de "com tantas caixas vazias, porque é que tinham que escolher logo a minha, que estava aqui tão entretida a inteirar-me das últimas fofoquices", desenrolou-se a seguinte conversa:

Eu: Um McFish, por favor.

Ela: Não temos, acabaram de manhã.

Eu (depois de um f***-** mental, e enquanto decidia se almoçava - lanchava? - um sundae de caramelo ou um pacote de batatas fritas, respondo, mais para ver se ela parava de olhar alternadamente para mim e para a imensidão de hamburgers nos cartazes lá atrás do que propriamente por achar que tinha alguma coisa a ver com isso): Não como carne.

Ela: Ah, mas tem o McChicken. É de frango.

???»

Rescaldos da Moda Lisboa

Um apelo enérgico à criatividade e a consciêncialização para um ambiente/mundo melhor e saudável surgiram “estampados” nos tecidos que fluentemente deambularam sob os olhares do auditório. Um misto de “chamada de atenção” com “modernismos actuais” estabelece a ligação que faltava entre o que vivemos agora e o futuro que nos reserva. Sem dúvida alguma, dos melhores desfiles até agora realizados e como não podia passar sem referir o ponto alto dos 4 dias de moda: Filipe Faísca.

Simplesmente Fenomenal!

Teleovelhas...

Porque não existem limites, a criação surge de tudo o que nos rodeia...
by Jean Luc Cornet

Contrastes!

terça-feira, 10 de março de 2009

Moda Lisboa - Março 2009

12 / 13 / 14 / 15 Março 2009 na Cidadela de Cascais
INVERNO / WINTER 2010
  • QUINTA-FEIRA, DIA 12 (19h00 José António Tenente; 20h00 Alexandra Moura; 21h00 Miguel Vieira; 22h30 Cascais Moda (Summer 09)
  • SEXTA-FEIRA, DIA 13 (18h30 Lidija Kolovrat; 19h30 Aleksandar Protic; 20h00 Cocktail L´Oréal Professionnel e Lúcia Piloto; 20h30 Dino Alves; 22h00 Ana Salazar)
  • SÁBADO, DIA 14 (15h00 Aforest-Design; 16h00 Lara Torres; 17h00 White Tent; 18h00 Ricardo Preto; 19h00 Ricardo Dourado; 20h00 Nuno Baltazar; 22h00 Luís Buchinho / Jotex by Luís Buchinho)
  • DOMINGO, DIA 15 (15h30 Katty Xiomara; 16h30 Pedro Mourão; 17h30 Pedro Pedro; 18h30 Nuno Gama; 19h30 Filipe Faísca)

    A não perder!

Chocolate em Óbidos!

VII Festival Internacional do Chocolate em Óbidos

Acesse já: www.festivalchocolate.cm-obidos.pt

Opções...meras opções!

Acordamos revigorados de um sono tranquilo...fazemos planos para a continuação de um dia que inicia no exacto momento em que temos que decidir se nos levantamos da cama ou não. Eis que surge uma opção. Ficar na cama ou levantar? Hummm...sem escolha...levanto-me! Leite com café ou cereais? Castanho ou azul? All star ou num estilo mais clássico? Indecisões que, para muitos não passam de coisas toscas sem nexo algum, invadem o corpo e paralisam o tempo. Nada ocorre a não ser a opção de escolha. Todos optamos e todos nos rendemos às escolhas, nem sempre bem feitas, mas quase sempre, senão sempre, seguidas pelos impulsos que nos parecem os mais correctos. Pisar o risco? Que bom! A vida é apenas uma e fazer tudo dentro do que é normal tira a graça ao acto que é viver. Sentir o mundo e tudo o que nele existe é essencial para que no fim da vida possamos dizer «Vivi e fiz tudo o que queria»! Optem e não tenham medo de errar. Dos erros se tiram lições e dessas mesmas lições se tiram sorrisos de felicidade para a vida! Vou ali "errar" para amanhã acordar a sorrir...Boa noite...

segunda-feira, 9 de março de 2009

IPAM promove conversas ao pequeno-almoço

«A primeira sessão das Conversas ao Pequeno-Almoço em Lisboa está marcada para 19 de Março, entre as 8h30 e as 10h. O encontro promovido pelo IPAM, que vai decorrer no Hotel Real Palácio, tem como tema “Comunicação, jornalismo e empreendedorismo. Parceiros de Sucesso?”. Cristina Amaro (Imagens de Marca) e Pedro Miguel Ramos (Amo-te) são os dinamizadores. A participação está limitada a 25 pessoas.»
Uma iniciativa de louvar e a todos os interessados na matéria toca a inscrever. Para mais informações e posterior inscrição consultem o site do IPAM (http://www.ipam.pt/)!

Egoísta premiada!

Revista Egoísta premiada em Nova Iorque
«A última edição da revista Egoísta, dedicada aos rostos, foi premiada pela Society of Publications Awards com um Merith Award, na categoria «Best Editorial Design and Photography». Em 2009, a competição cumpriu a sua 44ª edição e teve 6000 entradas de todo o mundo. Este foi o 18º prémio internacional da Egoísta, avançou a publicação da Estoril Sol num comunicado enviado às redacções.»

Tá aí não tarda muito!

Aos interessados...faltam apenas...2 dias! Toca a inscrever!

Sem tempo...

Pois é...o regresso à faculdade já se deu e projectos profissionais andam na forja! Tudo isto e muito mais, como se costuma dizer, levam a que o tempo que disponho para actualizações do blog seja curto. A todos os que estranharam a ausência destes dias, o meu Obrigado pela preocupação mas foi apenas excesso de trabalho...o importante é que tudo voltará à normalidade de uma forma mais feliz...porque sim ando FELIZ!

sexta-feira, 6 de março de 2009

«O pior de tudo» Cartoon II

Irreverência no combate à sida!

«"Se não consegues mantê-lo nas calças usa o preservativo". Este é o desafio provocatório da acção que a McCann-Erickson concebeu para a Liga Portuguesa Contra a SIDA e que, amanhã à noite, promete agitar as ruas do Bairro Alto, em Lisboa. Esta iniciativa de sensibilização para o problema da Sida realiza-se com o apoio de voluntários que vão vestir camisolas com a mensagem principal da campanha e distribuir preservativos e folhetos informativos sobre IST junto da população jovem que frequenta os espaços nocturnos daquela zona da capital.»

Erros PÚBLICO's em 19 anos

O jornal Público faz 19 anos! Ao longo de todos estes anos de publicações, o jornal cometeu algumas gralhas que não escaparam ao olhar atento dos leitores...confira já as informações acerca desses e outros erros agora divulgados.

http://jornal.publico.clix.pt

Rato morto em polémica!

Rato morto em anúncio sobre medicamentos falsos gera polémica!

«Um anúncio da farmacêutica Pfizer que está a ser exibido no Reino Unido está a gerar polémica e já foi alvo de queixas junto do organismo regulador da publicidade, avançou ontem o Brand Republic. No filme em questão vê-se um homem a tomar um medicamento que lhe chegou por correio. Entretanto tosse e vê-se sair-lhe da boca um rato morto. O filme pretende alertar os consumidores para o facto de que a compra de medicamentos online, sem receita, pode ser fatal, já que muitos desses medicamentos têm ingredientes perigosos como veneno para ratos. O filme termina dizendo “Get real, get a prescription”. A criatividade é da Langland.»

in Publicidade, www.meiosepublicidade.pt

quinta-feira, 5 de março de 2009

Lecool [05.03 - 11.03]

Book Suggestion «Casamento em Veneza»

«Casamento em Veneza» de Elizabeth Adler
«Uma súplica leva-a a Veneza e muda a sua vida…Mas um homem pode acabar definitivamente com ela… Apesar de viver na cidade mais romântica do mundo, Precious Rafferty nunca se apaixonou perdidamente. Até que conhece Bennett James. Estará na altura de se deixar, finalmente, arrebatar pelo romantismo e ter o casamento dos seus sonhos em Veneza? Do outro lado do mundo, em Xangai, Lily Song, prima de Precious, guarda um valioso e perigoso segredo de família. Quando Lily suplica a Preshy que se encontrem em Veneza e a alerta para os perigos que corre, a vida de ambas vai mudar para sempre. Entretanto, em Paris, Precious conhece o escritor Sam Knight, um homem cativante, mas desencantado com a vida. Precious sente Sam cada vez mais próximo de si e receia que ele esteja também enredado nesta emaranhada teia de perigo e desejo. Será que Sam também não é quem aparenta ser? Esconderá algum segredo terrível? Em Veneza, Precious terá de serpentear através de um labirinto de traição e sedução para descobrir a quem poderá confiar, de uma vez por todas, o seu coração... e a sua vida. Empolgante, exuberantemente descritivo e inteligente, Casamento em Veneza é um jogo do gato e do rato com muitas reviravoltas e romances arrebatadores. A mestria narrativa de Elizabeth Adler no seu melhor.»

quarta-feira, 4 de março de 2009

Book Suggestion «O lado obscuro da Economia»

«O lado obscuro da Economia» de Loretta Napoleoni

«Uma obra com direitos vendidos para 10 países, que retrata o lado obscuro do capitalismo, numa abordagem similar à de Freakonomics. Nesta obra profundamente esclarecedora, Loretta Napoleoni expõe, com frontalidade, o lado obscuro da globalização da economia, as interdependências económicas paradoxais geradas pelos novos operadores de mercado. Recorrendo a histórias verídicas, denuncia as misérias mais incómodas com as quais a sociedade de consumo compactua directa ou indirectamente, e que são trazidas à luz do dia numa abordagem destemida que revela o perigo, a miséria e a fragilidade que atingem uma grande parte da humanidade.»